EXPOSIÇÃO “O OBJETO, A ARTE E O ARTISTA” DE SANDRA ROSSI ABRE AMANHÃ

Amanhã, 6 de abril, abre a exposição O Objeto, a arte e o artista da fotógrafa Sandra Rossi com curadoria de Rosely Nakagawa em A Casa museu do objeto brasileiro.

Abaixo um texto redigido pela própria fotógrafa para a exposição:

Esta exposição faz parte de um projeto que venho realizando com mulheres artesãs, nos últimos anos na America Latina. A atividade rural não agrícola vem se constituindo no continente Latino Americano como uma fonte de trabalho e resgate cultural. No Brasil o artesanato tem se mostrado fundamental para as mulheres do campo como fonte de renda e trabalho, aproveitando as vocações regionais, levando à preservação das culturas locais.

Através do registro fotográfico de duas importantes tradições do trabalho artesanal feminino brasileiro, o tear manual de Carmo do Rio Claro – MG e a renda irlandesa de Divina Pastora – SE, busquei a representação destas personagens muito amáveis com quem aprendi lições de vida.

Na cidade de Carmo do Rio Claro a atividade de tecer em teares manuais representa parte da fonte de renda de muitas famílias da região. Carmo possui a tradição mineira de tecer do Brasil Colônia. Os tecidos são confeccionados em teares manuais fabricados por marceneiros da região e o principal fio utilizado é o algodão.

A renda de Divina Pastora, cidade do interior sergipano, classifica-se como irlandesa ou ponto de Irlanda, e está na modalidade de renda de agulha. Ganhou registro no Livro dos Saberes do IPHAN, sendo reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil. A atividade envolve boa parte da população da bucólica e pacata cidade. A renda é para as mulheres de Divina Pastora um ofício que se aprende cedo, em idades de 8 e 10 anos, e as acompanha por toda vida.

Na tradição passada de mãe para filha vemos a recuperação de atividades que eram voltadas para consumo doméstico e que hoje ganham força no mercado de trabalho informal possibilitando as mulheres a inclusão social.

Sandra Rossi

SERVIÇO
Vernissage: 06 de abril, das 19h às 22h
Visitação: 07 de abril a 19 de maio
segunda a sexta-feira das 10h as 19h
aos sábados sob agendamento
A CASA museu do objeto brasileiro
R. Cunha Gago, 807 – Pinheiros – São Paulo
tel: (11) 3814-9711
email: acasa@acasa.org.br
http://www.acasa.org.br

Manobrista no local

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s