Exposição “PELADA” na FNAC com o fotógrafo Apu Gomes

Dia 11 de junho será inaugurada, na FNAC a exposição fotográfica futebolística “Pelada” com os fotógrafos Apu Gomes, Leonardo Soares,Rodrigo Capote e Victor Moryama.

    Um dos fotógrafos que estará com suas imagens na exposição é nosso ex-aluno Apu Gomes do curso de Fotojornalismo com João Bittar. Logo a baixo colocamos a disposição de vocês, uma entrevista realizada em 2008  com o fotógrafo Apu Gomes, contando  sua trajetória até chegar a Folha de São Paulo.

Entrevista com Apu Gomes (Dia 1/12/2008)

Ímã Foto Galeria entrevista o repórter fotográfico: Apu Gomes

 O mineiro Luiz Carlos Gomes chegou em São Paulo com sua família ainda criança. Hoje, aos 22 anos, é conhecido como Apu Gomes, repórter fotográfico da Folha de S. Paulo.No começo, Apu trabalhou cerca de oito meses como motoboy em uma agência de marketing, onde conheceu diversos profissionais, tal como diretores de arte e fotógrafos. “Eu sempre gostei de fotografias. Em festas de família a máquina ficava em minhas mãos”, conta Apu Gomes.
Em certa ocasião, Apu separou algumas fotografias e levou para a agência. “Olha aqui! Eu também fotografo!”, disse o garoto. A partir de então, o fotógrafo Guto Lima começou a ajudá – lo com algumas dicas. Aconselhou o garoto a comprar uma câmera nova e o fotógrafo não queria que Apu ficasse nas ruas como moto boy, mas dentro da agência, especificamente dentro do estúdio, como assistente deste fotógrafo.

Apu comprou sua primeira câmera fotográfica manual e a agência propôs que ele fizesse um curso de fotografia, que não concluiu.Para chegar na Ímã Foto Galeria foi apenas um passo. O fotógrafo com quem Apu trabalhava ficou sabendo do curso de fotojornalismo, com João Bittar.

Apu e Guto participaram da primeira turma do curso de fotojornalismo. Apu também cursou a próxima turma, a qual o projeto final foram as exposições “Fotonovela” e ”Novos Postais de São Paulo”.

Após o primeiro curso de fotojornalismo na Ímã Foto Galeria, Apu decidiu sair da agência a qual trabalhava e partiu em busca de uma agência de fotojornalismo – na qual trabalhou durante oito meses. “Foi nessa nova agência em que o material produzido começou a ser publicado nos jornais e revista da capital e do interior.”, relembra Apu.

Da agência de fotojornalismo, o garoto tornou – se free lancer no Jornal Diário de São Paulo.Atualmente Apu Gomes trabalha na Folha de São Paulo. Suas fotografias já foram publicadas em muitas primeiras páginas.Hoje em dia, desenvolve um trabalho sobre a Cracolândia.

Sobre o seu trabalho atual Apu Gomes, diz que quando o repórter fotográfico não é escalado para cobrir uma pauta importante – a qual permanece quase o dia inteiro – em média recebe duas pautas por dia. “Um dos meus ‘furos’ foi quando Suzane Von Richthofen foi depor, no mês passado e o outro, foi quando Paulo Maluf passou mal na Polícia Federal e foram leva – lo para o HC. Eu fiz uma foto dele chegando de maca com tubo no nariz. Foi capa dos jornais daqui de São Paulo e do interior”, o repórter fotográfico conta sobre seus furos na carreira.

Apu Gomes finaliza a conversa dizendo que até chegar na Ímã Foto Galeria, ele não tinha um conhecimento real do que era o fotojornalismo, diz também que João Bittar é um grande mestre a ser seguido. E completa “Eu gosto de cobrir o que acontece nas ruas, a correria do cotidiano.”, finaliza

Serviço Exposição fotográfica “PELADA”

O quê: exposição fotográfica “PELADA”

Dia: 11 de junho – vernissagem

Onde: FNAC- Avenida Paulista,901

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s