Marcelo Liso e os reis

O  fotojornalista paulista Marcelo Liso passou 16 anos estampando flagras dos colunáveis em jornais e revistas de peso, como Istoé Gente, Showbizz, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Vogue, RG Vogue, Veja, Veja S. Paulo, Diário de S. Paulo, entre outros. Durante quatro anos foi contratado da revista Quem Acontece, período em que se consagrou recordista de capas: já emplacou 20 capas cheias. Marcelo Liso é um dos representantes únicos do estilo paparazzi no Brasil, mas atualmente tenta se desvincular do rótulo fazendo um trabalho institucional e artístico, atuando na sua própria agência de fotografia, a AFBpress.

Com isso, resolveu compartilhar suas fotografias dos grandes ícones da música disponibilizando-as na galeria de imagens da Ímã Foto Galeria.

O rei do blues

Não é a toa que B.B King é um dos mais reconhecidos guitarristas de Blues da atualidade, sendo muitas vezes referido como o Rei do Blues. Quem já ouviu seus solos de poucas notas sabe bem do que se trata essa fama.

Foto: Marcelo Liso. B.B King se apresenta no Via Funchal - São Paulo - SP

Foi utilizando-se do esquema “poucas notas/muito feeling”, que BB King desenvolveu uma pegada consistente. Como acordes nunca foram seu forte, consolidou sua personalidade musical à base da improvisação. Seu truque estava justamente em fazer da simplicidade uma marca muito especial. “Eu toco e canto, mais nunca ambos ao mesmo tempo, porque não os consigo fazer juntos muito bem”, descreve. “Componho do mesmo jeito que sei falar. Ou seja, quando estou com uma guitarra, não me preocupo em fazer algo. Apenas toco o que me der vontade, de acordo com o que estou sentindo”. E o recurso mais vistoso dessa fórmula todos nós sabemos de cor: seu vibrato inconfundível – referência para inúmeros guitarristas mundo afora.

BB King seguiu sem freio pelos anos de 1970 e 80. Ganhou  Grammys e importantes prêmios, foi incluído no Blues Hall of Fame e no Rock & Roll Hall of Fame. Gravou discos marcantes e outros menos celebrados, mas sempre manteve o alto nível de suas performances. Além de outros hits (To Know You is to Love You, I Like to Live the Love, Let The Good Times Roll), registrou pérolas menos conhecidas, que o tempo tratou de lapidar (Philadelphia, There Must Be a Better World Somewhere, Six Silver Strings).

Com quase 85 anos e mais de 35 álbuns lançado em 60 anos de carreira, que B.B King veio pela última vez ao Brasil, em março de 2010. Porém, foi uma turnê antes que Marcelo Liso clicou esse maravilhoso retrato.

“Foi incrível fotografar esse show, um dos melhores da minha vida”, afirmou Liso, “Ele havia anunciado que seria seu último show no Brasil mas nos enganou direitinho: decidiu voltar para o país quatro anos depois”, continuou.

O Rei do Rock

Se hoje existe o rock and roll devemos agradecer à Chuck Berry. Considerado por muitos como o verdadeiro rei do rock, ele foi, além de um dos pioneiros do estilo, também o criador dos modernos riffs de rock, transformando o cenário musical da época e tornando-se uma das principais referências do que seria a atitude do rock. Foi considerado o primeiro músico completo do rock, como compositor, guitarrista, cantor de personalidade carismática e dono de uma atitude agressiva que influenciaria inúmeros músicos que viriam depois dele.  Beatles e Rolling Stones são exemplos de sucesso com músicas regravadas de Berry. Canções como “Johnny B. Goode,” “Maybellene” e “Memphis”  se mantiveram nas playlists dos fãs de rock por gerações.

Em 1986, Chuck Berry foi um dos primeiros roqueiros a entrar para o “Rock And Roll Hall Of Fame”. Até John Lennon certa vez chegou a afirmar em uma entrevista, “se vocês querem dar outro nome ao rock´n´roll, podem chamá-lo de Chuck Berry”

Não faz muito tempo que Berry esteve pelo Brasil. Em 2008, fez shows em São Paulo e no Rio de Janeiro. Firme e forte aos 82 anos, o inventor do rock mostrou mais uma vez seus clássicos à nação brasileira. Foi nesse ano que Marcelo Liso, que brinca que entrou para a fotografia após se frustrar como guitarista, teve a honra de clicar o grande nome do rock and roll.

Foto: Marcelo Liso. Chuck Berry se apresenta em 2008 no HSBC Music Hall em Sao Paulo - SP

“Para mim, foi sensacional fotografar o ícone do rock and roll. O cara simplismente influenciou o Elvis Presley”, afirmou o fotógrafo.

Não foram só esses grandes ícones que Marcelo Liso teve oportunidade de fotografar. Ele apresenta em seu arquivo grandes nomes internacionais como Roger Waters, Elton John, Bonovox, Madonna, Slash, Ozzy Osbourne, David Byrne, George Benson e também grande músicos nacionais como Rita Lee, Roberto Carlos, Ney Matogrosso, Caetano Veloso, Ed Motta, Lulu Santos, Milton Nascimento, Seu Jorge e muito mais. É só conferir na galeria da Ímã!

Foto: Marcelo Liso. O ex-lider e baixista da banda de rock, Pink Floyd, Roger Water, apresenta seu show The Dark Side of the Moon no estadio do Morumbi - Sao Paulo. 2007
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s