Exposição fotográfica “Povos Indígenas”, de Rosa Gauditano

A exposição  “Povos Indígenas”, da fotógrafa Rosa Gauditano vai acontecer na Caixa Cultural de Brasília , na Galeria Picola II, de 1/02 a 9/03/2011  e outra na Caixa Cultural de São Paulo de 19/03 a 15/05/2011. A mostra, que inclui de 60 fotos montadas em 70×95, retrata diferentes povos indígenas no Brasil e contém um mapa dos povos indígenas no Brasil do ISA (Instituto SocioAmbiental), com as localizações dos povos fotografados.

Foto: Rosa Gauditano

A mostra faz parte de um projeto elaborado pela própria fotografa, onde as fotos serão impressas em dois catálogos, um de  80 páginas capa dura e outro de 28 páginas, ambos para distribuição gratuita para bibliotecas, escolas públicas e particulares de S. Paulo e escolas indígenas das 34 etnias participantes do projeto .

Foto: Rosa Gauditano

Fazem parte do projeto também a projeção de dois documentários realizados pelos índios xavante e uma palestra com a professora Guarani M’Byá Jaciara Martim, formada em Serviço Social na PUC de São Paulo em 2010, que será realizada dia 2 de fevereiro na Caixa Cultural de Brasília às 16 hs, com entrada franca.

Foto: Rosa Gauditano

Os Povos participantes do projeto são :

Região Nordeste :

1. Tingui Botó

2. Pataxó

3. Canela

4. Gavião

5. Xucuru

Região Sudeste :

6. Krenac

7. Xacriabá

8. Guarani M’Byá

9. Pankararu

10. Maxacali

Região Centro-Oeste :

11. Rikbaktsa

12. Enewanê Nawe

13.  Bororo

14. Pareci

15. Kuikuro

16. Terena

17.  Kadiwéu

18. Xavante

19. Waurá

20. Guarani Kaiowá

REGIÃO NORTE :

20. Waurá

21. Matis

22. Tucano

23. Yanomami

24. Suruí Paiter

25.  Zoró

26. Arara

27. Kayapó

28. Whaiãpi

29. Ashaninka

30. Krahô

31. Cinta Larga

32. Xerente

33. Tapitrapé

34. Carajá

Sobre a autora:

Há mais de dez anos fotografando índios, Rosa Gauditano conta que o interesse pelo assunto surgiu quando foi fazer a cobertura jornalística do Encontro de Altamira, no Pará. Desde então não parou mais de documentar o que chamamos genericamente de índios brasileiros, mas que na verdade são mais de duzentas etnias falando cerca de cento e setenta línguas diferentes.
Seu trabalho foge do folclórico ou do turístico, penetrando no dia-a-dia das tribos com uma intimidade facilmente mostrada nos olhares símpáticos e confiantes com que os modelos brindam suas lentes. As fotos de Rosa Gauditano transmitem um respeito e um orgulho que a realidade brasileira insiste em negar aos índios, seja através do paternalismo estatal ou da exploração econômica. O índio aqui retratado não é o ideal romântico dos autores nacionalistas nem o chamariz folclórico do turismo interno e externo. O que vemos são pessoas normais, com hábitos culturais diferentes, mas certamente tão humanos como nós. O rapaz kayapó leva seu macaquinho às costas com a mesma naturalidade que um menino urbano carregaria seu gameboy.
Como diz Rosa Gauditano: “As populações indígenas têm muito a ensinar sobre os segredos da vida e da natureza do Brasil. Para que isso efetivamente ocorra, será preciso apoiá-los em sua luta pela sobrevivência e manter o espírito aberto para aprender com eles.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s