Foto do dia 20.04: Avani Stein/ Ímã Foto Galeria

Fotografia do  Dalai Lama, utilizando a técnica “Foto Arte”. Uma linguagem criada pela própria fotógrafa, onde ocorre a sobreposição de elementos criptográficos às suas composições fotográficas.
AVANI STEIN
Formou-se em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre (1972). Descobriu ainda na faculdade a profissão de repórter fotográfica, que a levou a registrar, nos anos 70, a revolução Sandinista, o acidente atômico de Three Miles Island e as visitas do Papa e de Fidel Castro a Nova Iorque. Radicou-se em São Paulo onde colaborou inicialmente com a revista Veja (1983), com o jornal Folha de S. Paulo (1984-1986) e depois com a revista Isto É (1986-1988). A partir de então passou a atuar de forma independente, fazendo reportagens freelance em veículos como Brasil Transportes, Jornal da Tarde, Jornal Acrópole e revista Shalom, entre outros. Em meados dos anos 90, motivada pelo estudo da pintura, começa a desenvolver trabalhos de expressão pessoal em fotografia e sobrepõe elementos criptográficos às suas composições fotográficas. Foi contemplada com o Prêmio Pão de Açúcar (1996) e ganhou o Prêmio Porto Seguro de Fotografia (2001).
Mostras individuais
1994 – De Cara, Galeria da Consolação, Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo
1994 – Da Janela, Aliança Francesa, São Paulo
1998 – Michmash, Teatro São Pedro, Porto Alegre
1999 – Baleia-franca, Garopaba
2003 – Avani Stein, Galeria Mercúrio, São Paulo
Exposições coletivas
1977 – Terremoto da Guatemala, Sindicato dos Jornalistas, São Paulo
1983 – São Paulo Arte, Museu da Imagem e do Som, São Paulo
1985 – Fotógrafos, Folha de S. Paulo
1993 – Agência Angular,  Casa Fuji de Fotografia, São Paulo
1993 – Mês Internacional da Fotografia, Sesc Pompéia, São Paulo
1998 – Tributo a Porto Alegre, 2ª Bienal Internacional de Fotografias Cidade de Curitiba
1999 – Gaúchos na Bienal, Usina do Gasômetro, Porto Alegre
2000 – Baleias no quintal, Porto Alegre
2000 – Cinco Elementos, Casa das Rosas, São Paulo
2000 – O Bardi dos Artistas, Galeria Marta Traba, Memorial da América Latina,
São Paulo
2001 – Mostra Prêmio Porto Seguro Fotografia, Espaço Porto Seguro Fotografia, São Paulo
Anúncios

Rico Venerito expõe projeto – QUINTAO

Foto de Rico Venerito

O fotógrafo e artista plástico autodidata Ricardo Venerito, mais conhecido como Rico, apresenta seu projeto Q U I N T A O – uma obra a partir de pesquisas sobre as plantas espontâneas, propondo uma visão mais atenta aos mecanismos de equilíbrio da Natureza. Dia 17 de abril, às 16h na Matilha Cultural vai acontecer a abertura da exposição – QUINTAO. Rico apresentará 27 fotografias de plantas espontâneas; além de apresentar também às 17h, um vídeo-documentário feito a partir de 11 entrevistas com profissionais das áreas da saúde integral, agricultura natural, psicanálise, artes-plásticas, eco-educação, terapias holísticas, permacultura e Taoísmo, relatando suas experiências na Natureza.A obra do fotógrafo foi concebida a partir de reflexões sobre o Taoísmo, filosofia chinesa, e pesquisas sobre plantas espontâneas e saúde integral.

VEJA O VÍDEO PRODUZIDO PELA ÍMÃ FOTO GALERIA DO PROJETO QUINTAO de  Rico Venerito


Durante seis meses, Rico deixou o jardim de sua casa sem manejo algum, o que resultou no aparecimento e crescimento de inúmeras plantas espontâneas. Todas essas mudanças foram registradas pelas lentes de Rico e formam a exposição de fotos Q U I N T A O.“Essas plantas são espontâneas porque ninguém, ‘conscientemente’, as plantou, na verdade, essas plantas são importantes sinalizadores. Indicam as deficiências de elementos e possíveis formas de correção do solo onde nascem”, explica Rico Venerito.

Além das fotos, o artista produziu um vídeo-documentário feito a partir de 11 entrevistas com profissionais das áreas da saúde integral, agricultura natural, psicanálise, artes-plásticas, eco-educação, terapias holísticas, permacultura e Taoísmo, relatando suas experiências na Natureza. Os entrevistados sãos: Peter Webb, Wagner Canalonga,Clotilde Bassetto, Roberto Otsu, Rúbens Matuck,Rita Mendonça, Chris Belfort, Mauro Tarandach, Valcapelli,Marsha Hanzi e George Kharlakian Júnior. O documentário será exibido na sala de cinema da Matilha, no sábado, dia 17, as 17h.

Ainda no projeto Q U I N T A O, acontecerá duas palestras ligadas ao assunto: “Aos olhos do Tao”, ministrada por Wagner Canalonga, Sacerdote Regente da Sociedade Taoísta do Brasil em SP e psicólogo acupunturista; e “Lições da Natureza”, ministrada por Roberto Otsu, consultor e professor de I Ching e Taoísmo. As duas palestras acontecem no último dia do projeto Q U I N T A O, 1º de maio, as 15h e as 17h.
Q U I N T A O é um trabalho de observação da Natureza, e fica disponível ao público na Matilha Cultural até o dia 1º de maio.

Foto de Rico Venerito

Sobre Rico Venerito:
Paulistano, nasceu no dia 06 de agosto de 1974. Logo cedo aprendeu com seu pai, Michele Venerito, as artes da marcenaria, participando ao longo dos anos de diversos cursos e oficinas dedicados à construção de instrumentos musicais. Em 1992, concluiu seu curso de fotografia. Artista plástico autodidata e músico, Rico se dedica aos estudos da música clássica indiana desde 1994.

Para saber mais sobre o trabalho de Rico Venerito acesse o site: http://www.quintaorico.com.br/

Assista também o trailler do documentário-  QUINTAO:

http://www.youtube.com/watch?v=PUTAxBr4IRM&feature=player_embedded#!

EXPOSIÇÃO – QUINTAO de Rico Venerito

Abertura: Sábado, dia 17 de abril às 16h. Exibição do documentário, às 17h

Onde: Matilha Cultural – Rua Rego Freitas 542- São Paulo
Tel.: (11) 3256-2636

Exposição: Do dia 17 de abril ao dia 1º de maio de terça à sábado das 12h às 20h Palestras: dia 1º de maio. 15h (“Aos olhos do Tao”, ministrada por Wagner Canalonga) e 17h (“Lições da Natureza”, ministrada por Roberto Otsu).Entrada livre e gratuita, inclusive para cães.

Apoio: Ímã Foto Galeria, Matilha Cultural, Sociedade Taoísta do Brasil, Gasolina Filmes e PMC