Foto do dia 22/04: Apu Gomes

Apu Gomes

Garoto envolvido por uma manta como se fosse uma múmia na Cracolândia, Centro de São Paulo.

O mineiro Luis Carlos Gomes chegou em São Paulo com sua família ainda criança. Hoje aos 26 como anos, é conhecido como Apu Gomes, repórter fotográfico da Folha de São Paulo. No começo Apu Gomes trabalhou como motoboy, mesmo assim, sempre andava com sua câmera a tiracolo, clicando cenas da cidade. Trabalhando nesta agência de motoboy, Apu conheceu diversos profissionais, tal como diretores de arte e fotógrafos. Em certa ocasião, Apu separou algumas fotografias e levou para a agência. “Olha aqui! Eu também fotografo!”, disse. A partir de então, o fotógrafo Guto Lima começou a ajudá-lo com algumas dicas. Aconselhou Apu a comprar uma câmera nova e  não queria mais que Apu ficasse nas ruas como moto boy, mas dentro da agência, especificamente dentro do estúdio, como assistente de fotógrafia.

Apu Gomes, então comprou sua primeira câmera fotográfica manual. Para chegar na Ímã Foto Galeria foi apenas um passo. O fotógrafo com quem Apu Gomes trabalhava ficou sabendo do curso de fotojornalismo, com João Bittar. Assim, Apu Gomes e Guto Lima participaram da primeira turma do curso de fotojornalismo na Ímã Foto Galeria. Apu também cursou a próxima turma, a qual o projeto final foram as exposições “Fotonovela” e ”Novos Postais de São Paulo”. Apu Gomes diz que até chegar na  Ímã Foto Galeria, ele não tinha um conhecimento real do que era o fotojornalismo. Diz também que João Bittar é um grande mestre a ser seguido. E completa “Eu gosto de cobrir o que acontece nas ruas, a correria do cotidiano”, finaliza.

Após o primeiro curso de fotojornalismo na Ímã Foto Galeria, Apu decidiu sair da agência a qual trabalhava e partiu em busca de uma agência de fotojornalismo – na qual trabalhou durante oito meses. “Foi nessa nova agência em que o material produzido começou a ser publicado nos jornais e revistas da capital e do interior.”, relembra Apu.

Da agência de fotojornalismo, Apu Gomes tornou-se free lancer no Jornal Diário de São Paulo. Atualmente trabalha na Folha de São Paulo. Suas fotografias já foram publicadas em muitas primeiras páginas. Hoje em dia, desenvolve um trabalho sobre a Cracolândia, do qual esta fotografia faz parte.

Apu Gomes

A Cracolândia ou Boca do Lixo são denominações populares de um setor do bairro de Santa Ifigênia, nas imediações avenidas Duque de Caxias, Ipiranga, Rio Branco, Cásper Líbero e a rua Mauá, onde se historicamente se desenvolveu intenso tráfico de drogas.

Recentemente, a Prefeitura de São Paulo lançou um programa denominado Nova Luz para promover a reconfiguração e requalificação da área. Entre as medidas propostas, destaca-se a renúncia fiscal referente ao IPTU, visando estimular a reformas de fachadas dos imóveis de valor venda inferior a R$ 300 mil.

Desde 2005, a prefeitura fechou bares e hotéis ligados ao tráfico de drogas e à prostituição, retirou moradores de rua e aumentou o policiamento para inibir o consumo de drogas no local. Centenas de imóveis foram declarados de utilidade pública, em uma área de 105 mil metros quadrados, e devem ser desapropriados. O objetivo do programa é tornar a área atrativa a investimentos privados, abrindo espaços para empresas do setor imobiliário.

Críticos do programa, no entanto, assinalam o seu caráter higienista, destacando que a recuperação de edifícios, praças, parques e avenidas não é acompanhada de ações voltadas aos grupos mais vulneráveis que vivem ou trabalham na área – que estão sendo sumariamente expulsos. Os sem-teto são retirados, o trabalho dos catadores de material reciclável é dificultado e os usuários e dependentes de crack (muitos dos quais crianças e adolescentes), impedidos de se reunir no local, são obrigados a perambular pelos bairros vizinhos, em bandos, sem rumo. [3].

Apesar da idealização criada Prefeitura e pelo Governo do Estado, a região continua sendo cenário de homicídios,de tráfico de drogas à luz do dia, bem como de abuso de menores.

Saiba mais: Abaixo duas matérias sobre o fotógrafo Apu Gomes:

http://www.imafotogaleria.com.br/noticias/noticia.php?cdTexto=394

http://www.imafotogaleria.com.br/exposicoes/exposicao.php?cdGaleria=42&cdFotografo=284

Anúncios

Retrospectiva 2009- 5ª Mostra Anual de Fotojornalismo

Um panorama dos fatos e imagens que marcaram o ano de 2009. Esta é a tônica da exposição Retrospectiva 2009 – 5ª Mostra Anual de Fotojornalismo, promovido e organizado pela ARFOC-SP (Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo), que entra em cartaz a partir do dia 23 de abril, no Espaço Cultural Conjunto Nacional, na Avenida Paulista.

Ao todo são 80 painéis com fotos que contam um pouco do ano que passou, por meio do olhar de 67 profissionais do estado de São Paulo. Além de imagens de temas que foram notícia em 2009, há também visões particulares dos fotojornalistas sobre determinados temas, ou retratos de personalidades importantes do país.

Este é o quinto ano consecutivo que a ARFOC-SP promove o evento e no processo de seleção, 116 profissionais enviaram fotografias, que somadas, chegou a um total de 320 imagens recebidas pela organização.

Expositores:

Ailton Cruz
Edilson Dantas
Marcelo Ferrelli
Reinaldo Canato
Alinne Rezende
Eduardo Knapp
Marcelo Justo
Ricardo Matsukawa
Aloisio Mauricio
Eduardo Nicolau
Marcos Ribolli
Ricardo Nogueira
André Henriques
Ernesto Rodrigues
Marlene Bergamo
Rivaldo Gomes
André Lessa
Evelson de Freitas
Mauricio Lima
Robson Ventura
Andre Penner
Fabio Braga
Michela Brígida
Rodrigo Capote
Apu Gomes
Fernando Donasci
Moacyr Lopes Jr
Rodrigo Coca
Ayrton Vignola
Fernando Pilatos
Monica Bento
Rubens Chiri
Bruno Cecin
Guilherme L. Campos
Nario Barbosa
Sebastiao Moreira
Carlos Bassan
Hélvio Romero
Nelson Antoine
Sergio Barzagh
Celso Junior
JF Diorio
Nelson Chinalia
Sergio Dutti
Cesar Greco
Joel Silva
Nilton Cardin Sidnei Costa
Claudinei Plaza
Jonne Roriz
Nilton Fukuda
Thiago Bernardes
Claudio Capucho
Jorge Araujo

Orlando Filho
Tiago Queiroz
Daniel Mobilia
Jose Cordeiro
Paulo Liebert
Valéria Gonçalvez
Danilo Verpa
Keiny Andrade
Paulo Pinto Zanone Fraissat
Djalma Vassão
Leandro Ferreira
Paulo Whitaker

Exposição elegerá a Foto do Ano e tem patrocínio da Nike
A 5ª Mostra Anual de Fotojornalismo da ARFOC-SP parocinada pela Nike, empresa de material esportivo, tem novidades. Este ano, através de uma página criada pelo portal UOL, internautas poderão eleger a Foto no Ano. Com isso, o autor da fotografia será premiado com uma passagem de ida e volta e estada paga em Salvador, oferecida pelo Hotel Bourbon Convention Ibirapuera.

Além disso, haverá uma segunda premiação, por outra forma de escolha da Foto do Ano, cujo prêmio será um vale compra no valor de R$ 2 mil, oferecido pela Angel Foto, loja especializada em equipamentos de fotografia. A exposição conta ainda com apoio cultural do laboratório fotográfico Instancolor e da marca de vinhos Almadém.

ASSOCIAÇÃO DE REPÓRTERES FOTOGRÁFICOS E CINEMATOGRÁFICOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

A Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo, ARFOC-SP, é uma sociedade civil de cunho cultural, sem fins lucrativos e destituída de caráter político-partidário. A ARFOC-SP tem como objetivo incentivar e desenvolver ações culturais no estado de São Paulo, representando seus associados nas questões relacionadas à imagem fotográfica e cinematográfica.

SERVIÇO
Abertura 23/04/2010 – sexta-feira
Horário: das 19 às 21h
Local: Espaço Cultural Conjunto Nacional
Endereço: Avenida Paulista, 2073, Cerqueiras César – SP

Visitação
Data: de 24/04/2010 a 15/05/2010
Horários: Seg. a sex., das 07 às 21h
Sáb. e dom., das 10 às 21h
Patrocínio Nike